Blogue RBE

Blogue RBE - SAPO Blogs
  1. A rádio escolar como ferramenta educativa

    Captura de ecrã 2017-10-20, às 10.15.24.png

      Fonte | por  |

     

    Nos seus mais de 100 anos de história, a rádio sempre foi considerada um dos média mais democráticos, seja pela sua fácil acessibilidade, seja pela imediatez e pelo baixo custo necessário para a pôr em marcha. São todo um conjunto de vantagens que facilitam que também possa converter-se num excelente recurso para trabalhar com os estudantes diferentes habilidades e conhecimentos. Quer saber como?

     

    A rádio escolar pode converter-se numa interessante actividade em que participe a escola/ agrupamento, na qual podem incluir-se alunos de diferentes ciclos e áreas curriculares, adaptando sempre a cada um os conteúdos e as metodologias. Trata-se de um recurso perfeito para introduzir, por exemplo, a metodología de projeto, já que se pode dar aos estudantes a liberdade de criar o programa que elejam com base nos seus própios interesses. Será necessário que trabalhem de forma cooperativa, repartindo as tarefas, respondendo às perguntas que lhes ocorram, descobrindo as diferentes ferramentas… definitivamente: vivendo uma aprendizagem significativa com as ondas de rádio como desculpa!

     

    Para além de tudo isto, as habilidades e competências que podem trabalhar-se de forma individual são também muitas e a diferentes níveis, como o linguístico, o artístico, o musical… Para saber mais, recomenda-se a consulta, na integra, do artigo do jornalista Rafael Quintana sobre a linguagem da rádio e as suas possibilidades educativas.

     

    Perde o medo à tecnología

    Montar um emissor de rádio é hoje em dia mais fácil que nunca! Utilizando o formato podcast, que consiste em partilhar arquivos de áudio de curta duração, podemos gravar os programas como peças únicas e publicá-los na plataforma escolhida para que os ouvintes possam aceder aos conteúdos no momento que desejem.

     

    Quanto a dispositivos necessários, será suficiente ter um telemóvel, tablet ou computador com ligação à internet; ainda que é certo que se tivermos alguns microfones para registar as vozes, a qualidade das gravações será melhor.

     

    Recomendam-se as seguintes aplicações, que podem facilitar muito o trabalho:

    • Audacity: Um programa fácil e prático para a gravação e a edição de som, que permite misturar as pistas e acrescentar diversos efeitos. Para além disso, é gratuito, e pode instalar-se tanto em Windows como em Mac e Linux.
    • SoundCloud: Nesta web podemos publicar e partilhar os podcasts tanto de maneira pública como para utilizadores concretos, para além de podermos comentar as gravações e organizá-las em álbuns.
    • Listen2myRadio: Para emitir em direto, esta é a plataforma. Nesta web poderemos ter o nosso próprio espaço para partilhar programas em streaming para os demais estudantes da escola/ agrupamento…. e para o resto do mundo!

     

    Ler mais >>

     

    Conteúdo relacionado:

     

  2. X Encontro de bibliotecas escolares de Leiria: De que leituras és feito?

    Cartaz_X_EBE_2017_final.jpg

     

    A Rede de Bibliotecas de Leiria organiza a décima edição do Encontro de Bibliotecas Escolares, sob o tema: De que leituras és feito? Educação Literária e Promoção da Leitura.

     

    O programa contempla a possibilidade dos profissionais apresentarem as suas práticas, na área da leitura, através da metodologia Pecha Kucha.

     

    Leiria tem muito gosto em receber-vos!

     

    Inscrevam-se para partilhar práticas até ao dia 31 de outubro! As inscrições  são gratuitas e decorrem até dia 15 de novembro.

     

    O evento realiza-se nos dias 17 e 18 de novembro de 2017 e está integrado numa oficina (15h TPé 15h TA= 30h), creditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua.

     

    Toda a informação em http://eventos.ccems.pt/encontrobeleiria/#1

     

     

    Submissão de propostas de apresentação e saber mais sobre Pecha Kucha: http://eventos.ccems.pt/encontrobeleiria/Userfiles/File/PraticasRBE.pdf 

    [https://www.youtube.com/watch?v=jJ2yepIaAtE ]

    https://www.youtube.com/watch?v=32WEzM3LFhw ]

     

    A coordenadora interconcelhia

    Lucília Santos

  3. 5.º Colóquio internacional ler e ser: Cooperar e partilhar para o bem comum | Ajudaris

    ajudaris.png

     10 e 11 de nov. | Inscrição | Programa |

     

    A AJUDARIS, IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social, em parceria com a Escola Superior de Educação Paula Frassinetti, a Faculdade de Letras da Universidade do Porto, a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, o Colégio Efanor, Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Instituto Politécnico de Bragança, o Instituto Politécnico de Coimbra, a Universidade de Aveiro, a Universidade do Minho, a Universidade de Corunha, Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura, tem a honra de anunciar o V Colóquio Internacional Ler e Ser: Cooperar e Partilhar para o Bem Comum, que se realizará nos dias 10 e 11 de novembro de 2017, na Biblioteca Municipal Almeida de Garrett, e que congregará representantes das áreas que melhor se cruzam com os princípios e os objetivos da AJUDARIS.

     

    Conteúdo relacionado:

  4. A Educação em Exame | sítio web

    site.png

     

    Foi ontem, dia 18 de outubro, apresentado o novo sítio 'Educação em exame', que resulta do trabalho conjunto do Conselho Nacional de Educação, da Fundação Francisco Manuel dos Santos e do Expresso.

     

    A plataforma oferece uma visão comparada e evolutiva do sistema educativo português, tendo como base dados atualizados do PISA e as análises feitas no projeto Aqeduto, bem como dados de outras fontes.

     

    Digital e interativo, o sítio combina o rigor e a complexidade dos factos com a simplicidade de os comunicar.

  5. Guia básico para utilizar o jornal como recurso didático na aula

    jornais.png

     por Ingrid Mosquera Gende | Fonte |


    Podemos destacar duas formas essenciais de usar os jornais na aula. Por um lado, mediante a leitura, manipulação e trabalho com jornais existentes e, por outro lado, mediante a criação de jornais por parte dos alunos. Duas atividades complementares que podem ser tratadas individualmente, dadas as possibilidades que permitem.

     

    jornal como instrumento de trabalho ou recurso didático serve para desenvolver uma aprendizagem global e transversal, podendo englobar, como veremos, distintos assuntos e levando a que os estudantes sejam capazes de observar a realidade desde diferentes pontos de vista, assim como refletir, igualmente, sobre a objetividade e a subjetividade das informações. A quantidade de atividades que podem realizar-se a partir dele são muito variadas.

     

    Portanto, centrando a nossa atenção na introdução dos jornais na aula, talvez a primeira pergunta que pode surgir é que jornais utilizar e em que idades começar com este tipo de atividades. (...)

     

    Ler mais >>

     

    Guía básica para utilizar el periódico como recurso didáctico en el aula

    Guía básica para utilizar el periódico como recurso didáctico en el aula. (2017). El Blog de Educación y TIC. Retrieved 17 October 2017, from http://blog.tiching.com/guia-basica-utilizar-periodico-recurso-didactico-aula/

     

    Conteúdo relacionado: